Novo Site da Gilda Cakes de Florianópolis

Janeiro de 2012 marca o início de uma nova fase e ao mesmo tempo o reforço de um antigo sonho: expandir o nosso negócio familiar. E nada de desanimar. Afinal o retorno sempre vem quando a gente ama o que faz, né?

E essa história começou faz tempo, há cerca de 12 anos atrás, numa cidadezinha no sul do Brasil chamada Rio Grande.

Senta que lá vem história…

Em novembro de 2000, depois de anos trabalhando como educadora infantil, Gilda da Silva decidiu transformar em negócio o que antes era um hobby. Elogios e incentivos daqueles que experimentavam seus quitutes despertou o desejo de empreender e aprimorar os dotes culinários.

Durante os primeiros anos os salgados de forno foram o carro-chefe. Saudáveis e saborosos, as especialidades de forno fazem sucesso até hoje. Anos experimentando diferentes combinações de ingredientes de qualidade até conquistar um menu de produtos diferenciado, que se destaca no quesito sabor e nutrição dos tradicionais fritos. E foi em 2005, num universo com mais de 50 recheios, que o pastel de forno com massa de ricota ganhou fama: textura aerada que desmancha na boca e deixa um gostinho de quero mais.

Os pedidos foram aumentando e os salgados de forno, foram abrindo caminho para as Tortas e Doces que por sua vez chegaram para reforçar a qualidade dos produtos da Gilda e conquistar todos os paladares na Ilha da Magia. E foi em junho de 2011, que a Tia Gilda virou Gilda Cakes e um novo posicionamento foi definido.

Então 2012 chegou…

Entramos nessa energia de renovação e aproveitamos para lançar nossa nova marca e o novo site. E se você está lendo este texto é porque chegou até o blog – um cantinho super especial, onde deixamos a porta sempre aberta: queremos trocar e ouvir você, para aprendermos cada vez mais.

Hoje, mais do que ter planos de expansão e maior distribuição, o negócio familiar tem como princípio o aperfeiçoamento contínuo das receitas e do cuidado com os clientes. Liberdade para testar novos sabores e transparência de compartilhar as limitações.

Sejam bem-vindos!